• Equipe Massao Kanesaki

Massao pede que fiação em Indaiatuba seja implantada de forma subterrânea



O vereador Massao Kanesaki protocolou Indicação nº 27/2020 para que toda a fiação aérea do município de Indaiatuba, seja implementada de forma subterrânea. A medida é uma forma de melhorar a paisagem estética da cidade e garantir a segurança e a mobilidade da população.


“Além de evitar problemas de descarga na rede elétrica, a medida poderá também diminuir os apagões e reduzir riscos de acidentes como colisões com os postes e crianças soltando pipas”, destacou Massao.


Fiação Subterrânea no Brasil


Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas já aderiram à ideia. A Enel Distribuição São Paulo informa que realizou dois projetos de conversão: na Vila Olímpia, foram enterrados fios elétricos em 13 vias da região, correspondentes a 4,2 quilômetros de extensão de vias, e na área do Mercado Municipal, com nove quilômetros em 40 vias. São Paulo tem 41 mil quilômetros de cabos suspensos de energia elétrica. Um decreto obriga a cidade a enterrar a cada ano cerca de 250 quilômetros de cabos. O projeto em ruas como a Oscar Freire foi iniciativa de empresários.

Em setembro de 2019, um projeto de lei protocolado na Câmara de Campinas quer que toda fiação aérea da cidade seja implantada de forma subterrânea em 12 anos.


A eliminação da fiação aérea está prevista no Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável do Rio de Janeiro, aprovado em 2011. A lei determinou que todas as empresas com fios expostos deveriam substituir as fiações até 2016.


Fiação Subterrânea no mundo


Barcelona, Londres, Amsterdã, Paris e Washington são exemplos de cidades que enterraram praticamente toda a sua fiação – o que, além de reduzir drasticamente as interrupções no fornecimento de energia durante tempestades, confere visual urbanístico mais agradável às metrópoles.


Com informações da Gauchazh

28 visualizações

Atendimento

Rua Humaitá nº 1167 - Centro
Indaiatuba, SP - CEP: 13339-140

Fone: 19 3885.7702 | WhatsApp: 19 99618-0955